LANÇAMENTO DO GEACRI CONTA COM A PRESENÇA DE REPRESENTANTES DA OAB E MINISTÉRIO PÚBLICO.

104
                     Aconteceu na tarde de hoje (02/07), na Escola Superior da Polícia Civil, o lançamento e a apresentação do local onde irá funcionar o Grupo Especializado no Atendimento à Vítima de Crimes Raciais e de Intolerância (GEACRI). O grupo foi criado pela Portaria 323/2021-PC no dia 17 de junho e e deve começar a funcionar até meados do mês de julho.
                 Participaram da reunião Felipe Oltramari, Promotor de Justiça do CAO Criminal; Tamara Andréia Botovchenco Rivera, Promotora de Justiça e Coordenadora da área de Políticas Públicas, Direitos Humanos e do Núcleo de Gênero do MPGO; Felipe André Aldremari, Promotor de Justiça; Roberto Serra, Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-GO; Philipe Arapian, Defensor Público e Coordenador do Núcleo Especializado em Direitos Humanos da Defensoria do Estado de Goiás; Wellington Matos de Lima, Secretário da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (SEDS); Rosilene Oliveira Guimarães, Superintendência da Mulher e da Igualdade Racial. A reunião foi conduzida pelo Delegado-Geral da PCGO, Alexandre Lourenço, e pelos delegados Joaquim Adorno, que será o titular do Geacri, e Daniel Adorni, diretor da Escola Superior da Polícia Civil (ESPC).
                  A criação do GEACRI vai facilitar a apuração dos crimes raciais e de intolerância, além de dar proteção aos direitos humanos.